sábado, 9 de dezembro de 2017

Poema de Natal


Para isso fomos feitos: 
Para lembrar e ser lembrados 
Para chorar e fazer chorar 
Para enterrar os nossos mortos - 
Por isso temos braços longos para os adeuses 
Mãos para colher o que foi dado 
Dedos para cavar a terra. 
Assim será a nossa vida: 
Uma tarde sempre a esquecer 
Uma estrela a se apagar na treva 
Um caminho entre dois túmulos - 
Por isso precisamos velar 
Falar baixo, pisar leve, ver 
A noite dormir em silêncio. 
Não há muito que dizer: 
Uma canção sobre um berço 
Um verso, talvez, de amor 
Uma prece por quem se vai - 
Mas que essa hora não esqueça 
E por ela os nossos corações 
Se deixem, graves e simples. 
Pois para isso fomos feitos: 
Para a esperança no milagre 
Para a participação da poesia 
Para ver a face da morte - 
De repente nunca mais esperaremos... 
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas 
Nascemos, imensamente.

Vinicius de Morais

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

O Banco da Vida

Imagine se você tivesse, todos os dias, exatamente R$ 86.400,00 para gastar em uma conta no Banco. Ao final de cada dia, sua conta era zerada e novamente eram depositados os R$ 86.400,00.
Todos nós somos clientes deste banco! Este banco chama-se TEMPO. Deus nos dá 86.400 segundos todos os dias para serem vividos da melhor maneira possível: amando, aprendendo, ensinando, caindo, levantando, Vivendo!
Pra saber o valor de um ano, pergunte para um garoto que repetiu de ano. Para saber o valor de um mês, pergunte para uma mãe que teve seu filho prematuro… de uma semana, para um editor de um jornal semanal… de um dia, para pessoas que tem tarefas importantíssimas para serem feitas urgentemente. Para saber o valor de uma hora pergunte aos amantes que não veem a hora de se encontrar; de um minuto, à quem perdeu um avião; e, de um segundo, para quem conseguiu evitar um acidente de trânsito. Para saber o valor de um milésimo de segundo, pergunte a um atleta que ganhou uma medalha de prata nas olimpíadas.
Por isso, não desperdice o seu tempo! Ele é o seu bem mais precioso, e é com ele que você vai estar com as pessoas que você mais ama: seus filhos, suas esposas, seus maridos, seus pais, seus netos, seus avós… a gente só dá valor quando perde. Percebe que tinha tanto beijo para dar, tanto abraço…
Precisamos viver o agora! Não adianta pensar lá no futuro… O ontem é história, o amanhã é um mistério, e o hoje é uma dádiva, por isso é chamado de presente… presente de Deus!
     Nelson Freitas

sexta-feira, 17 de novembro de 2017